domingo, 30 de novembro de 2008

49 a 56 - Greve! e outras

# É mesmo o fim do mundo...

(EDIT de dez anos no futuro: no início, eu postava as tirinhas mais  no orkut que no blogger, então eu vira e mexe esquecia de atualizar o blog. Com isso, várias tirinhas ficaram 'perdidas'. Sem contar a tirinha 51, que ou nunca existiu ou sumiu sem deixar traço. Os leitores do blog nunca souberam, mas teve duas ou três tirinhas depois da greve, só que nunca foram ao ar. Abaixo, além da tirinha original da greve, vou colocar essas "perdidas". Aproveitem!)

# Clique pra ampliar, blá, blá...







------------------
Tirinha 1:
GREVE!
Após um ano de tiras, Bram e Vlad resolvem reivindicar seus direitos trabalhistas. Voltaremos em breve.
Adriana: Então vamos às reivindicações. Férias remuneradas, vale transporte, plano de saúde... Ei! Camarim individual com ar condicionado e Wii?!
Vlad: É isso ou nada.

Tirinha 2:
Adriana: Bem, acho que estamos conversados. Sobre as férias de vocês, só tenho uma condição...
Adriana: Para não descaracterizar a tirinha, vocês têm que tirar férias um de cada vez. Quem vai primeiro?
Bram: Isso é um absurdo! Por que não pode ter substitutos pra nós dois ao mesmo tempo?
Adriana: Boa ideia! Se o público gostar dos substitutos, vocês nem precisam voltar das férias.
Bram: ...Você é cruel.
Adriana: Lógica capitalista, querido.

Tirinha 3:
Quincy: Seu sotaque é tão estranho, Vlad... Chega a ser engraçado.
Vlad: Fico me perguntando se você falaria melhor se eu te quebrasse uns dentes.
Quincy: Tenho medo de você.
Vlad: Obrigado.

Tirinha 4:
Vlad: Outro substituto para o Bram?! Já vou logo avisando que jamais terá o meu respeito.
Diego: Ei, acorda! Só aceitei te aguentar porque a Adriana está pagando hora extra e adicional de insalubridade.
Vlad: Hum... OK, respeito, não, mas talvez eu consiga ter por você uma... leve simpatia.

Tirinha 5:
Bram: Fale a verdade, Vlad. A razão real para você não beber sangue humano é a dificuldade de fazer vítimas, não é?
Bram: Quer dizer, os tempos mudaram. Matar alguém hoje é mais difícil do que há cem anos, certo?
Vlad: Em termos. Como você disse, os tempos mudaram. Há cem anos, as pessoas fugiam dos vampiros.
Vlad: Hoje, se descobrirem que você é vampiro, hordas de jovens imploram para que você as morda.
Vlad: Você faz quantas vítimas quiser, o difícil é se livrar delas depois.
Bram: Que decadência.
Vlad: Nem me fala.

Tirinha 6:
Bram: A professora me odeia! Me pôs para sentar no pior lugar da sala, atrás de um gordão. Não enxergo nada!
Vlad: E por que não pede para ela te mudar de carteira, criatura?
Bram: E dar esse gostinho a ela?! Nunca!

Tirinha 7:
Bram: O que o seu pai tem contra os humanos?
Vlad: Nada. Ele adora humanos.
Vlad: Nenhuma outra espécie enfeita tão bem as pontas de lança do castelo.

4 comentários:

  1. OMG!!!
    o.O

    Lindo Dri,dei pala aki.
    hauahuahuaha

    D++++


    Bjossss e saudades!!!!

    ResponderExcluir
  2. EU QUEO BONEQUINHOS DO BRAM E DO VLAD PRA MIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM

    ResponderExcluir
  3. Wow... Vejo que vc não cedeu nadinha a eles, já que a greve continua até hj... ;)

    ResponderExcluir
  4. Eu também quero bonequinhos dos dois! *--*

    ResponderExcluir

Comenta que nem gente, que o Vlad tá de olho!