quarta-feira, 12 de outubro de 2011

115 - Dia das Crianças

Meio uma tirinha, meio um esboço, foi algo que fiz hoje no tablet só pra relaxar. Não faz parte de nenhuma cronologia, nem nada, e Vlad negará até a morte que me chamou de "mãe" em algum ponto de sua vida.

Pra não deixar o dia das crianças passar em branco, lá vai o Vlad fazendo algo que quase todos nós fizemos quando estávamos naquela transição criança-adolescente.


----------
V: Eu não sou mais criança! Não quero mais presentes hoje!
A: Você é quem sabe. Feliz dia das crianças assim mesmo, Vlad.
V: ...
V: *pega*
V: *suspiro* Valeu, mãe.

Um comentário:

Comenta que nem gente, que o Vlad tá de olho!