domingo, 23 de agosto de 2015

242 - Vira-latas (Final)

E é isso, pessoal! Minha defesa já aconteceu, passei, deu tudo certo. :) Agora, tenho que colocar a casa em ordem, porque precisei protelar um monte de coisas pra terminar a dissertação. Quando tudo estiver tranquilo de novo, espero voltar à nossa agenda de uma tirinha por semana. ^^

E agora sabemos o nome do cavalo do Vlad. O cavalo que Vlad tem, não o Vlad sendo um cavalo. Enfim, vocês entenderam.
Sugestões para o nome do cachorrinho do Vlad?
-----------
B: E então, Vlad, já decidiu o nome do seu cachorro?
V: Sei lá. Kratos? Cérbero? Qualquer coisa assim.
B: Estou surpreso que tenha demorado tanto para ter seu próprio bicho de estimação.
V: Eu imaginei que, se não tivesse animal nenhum, meu pai mandaria trazer o Presas ou pelo menos o Relâmpago. Qual a dificuldade de se transportar um lobo ou cavalo, afinal? Mas já se foram quatro anos, então acho que já está na hora de conformar que isso não vai acontecer.
B: ...



domingo, 9 de agosto de 2015

241 - Vira-latas (4)

Essa é a verdadeira tirinha dessa semana.

Quer dizer, quem coloca coleiras em lobos?
 Vlad não está sendo irônico. Ele não entende a função das coleiras.


-----------

L: Agora que você é um doador, nosso abrigo vai dar alguns brindes. No primeiro mês, é essa coleira. é couro legítimo!
(Vlad coloca a coleira em si mesmo.)
L: O quê? Vlad, espera, essa coleira é do cachorro.
V: E o que um cachorro vai querer com uma coleira?

segunda-feira, 27 de julho de 2015

240 - Vira-latas (3)

Gente, que maldade. Pensei que tinha programado essa tirinha para ser postada durante o tempo que estive ocupada com a dissertação, mas parece que não fiz as coisas direito.

A próxima já está pronta, posto essa semana ainda. :3

Pelo menos, Lucy não foi tão manipuladora assim.
Se não quer ser abraçado, não seja fofo, Vlad.
---------
L: Obrigada por me emprestar seu cachorrinho pra eu abraçar, Vlad.
V: Se esse lugar é tão ruim, por que você trabalha aqui?
L: Ah, Vlad, aqui não era assim antes. O problema é que não param de aparecer mais bichos e não temos coragem de deixá-los na rua.
L: Só conseguimos ajudar uns 30 bichos. No início, conseguíamos mandar os extras para casas e outros abrigos.
L: Mas pessoas começaram a abandonar ninhadas inteiras de filhotes aqui, e começamos a ficar superlotados e cheios de dívidas.
L: Foi aí que começaram as mortes. Se eu parar de voluntariar aqui, as dívidas só vão piorar e mais bichos ainda vão morrer.
V: Eu posso doar um dinheiro todo mês para ajudar vocês com as dívidas, mas se souber que mataram outro bicho, eu faço questão de sacrificar cada um de vocês pessoalmente.
(Lucy abraça Vlad)
V: Você está encostando em mim. Por que você está encostando em mim?

quinta-feira, 4 de junho de 2015

239 - Vira-latas (2)

Estou passando por um momento ocupado, o que está me fazendo atrasar bastante as tirinhas, mas é só uma situação temporária. Não se preocupem, esse "arco" do cachorrinho termina na próxima tirinha. :)

É triste pensar que isso não é só ficção.
Nota séria, agora: infelizmente, esse é o caso real de muitos abrigos animais.

------------
V: Ei, você, achei esse vira-latas com os irmãos em uma caixa. Mas só ele estava vivo. Esse é um daqueles lugares onde as pessoas vêm buscar bichos perdidos para a adoção, não é?
L: Sim, somos um abrigo. Que cãozinho lindo você tem aí. Parece um filhote de rotweiller. Porque tudo o que precisávamos agora era de um filhotinho preto, hehe...
L: Um filhotinho preto que não vai ser adotado, porque as pessoas odeiam cachorros e gatos pretos, dizem que dá azar. Depois de um tempo, ele não vai ser mais tão filhotinho e tão bonitinho.
L: E como o abrigo está cheio de dívidas e não tem mais para onde mandar animais extras que aparecem todos os dias, ele vai ser sacrificado em poucos meses, se tiver sorte.
L: Mas tudo bem. *chuif* Pode deixar o cachorrinho aqui, se quiser, nós tomamos conta dele. *chuif*

quarta-feira, 20 de maio de 2015

238 - Vira-latas

Gente! Eu já estava me esquecendo de postar essa tirinha!

Nem cãezinhos ficam assustados com você, Vlad, desista.
Vlad é um doce. -sqn
----
V: Hm, só esse cachorrinho sobreviveu.
Cãozinho: Caim! Caim!
V: Seu vira-latas estúpido, por que está tentando me alcançar? Eu podia sugar todo o seu sangue.
*lambida*
V: ..

domingo, 19 de abril de 2015

237 - Vlad não é ameaçador

Nem um pouco. ele é um doce.

Além de se defender, Bram, você também manda num cara que levanta caminhões.
Um doce que levanta caminhões.
---------
J: Não te incomoda que os outros caçadores tenham mais medo de você do que do Vlad, que é um vampiro?
B: Ah, só é inesperado que eu seja capaz de me defender sozinho.
J: É. E tem o fato de que o Vlad não parece ser lá muito ameaçador.
V: Oh, cãezinhos.
B: Vlad, põe esse caminhão no chão agora!

domingo, 5 de abril de 2015

236 - Surrealismo (2)

...Essa foi fácil de desenhar. E o fundo realmente existe em Exeter. Adoro essa cidade, ela é cheia de tijolos. Tijolos são fáceis de desenhar, principalmente se o seu software de edição de imagens já vem com uma textura de tijolos.


Mais pra metalinguística, mas aí você segue a bolinha com os olhos até o fim e volta no primeiro quadro.