sexta-feira, 16 de junho de 2017

277 - A chave (2)

Tom não é um garoto exemplar.
Tsc, tsc, Tom! Esses irmãos mais velhos...

------------
Lucy: Que chave é essa?
Tom: Bom, você sabe que nossa casa é geminada com a dos Van Helsing, certo? E que eles têm um porão enorme?
Lucy: Espera, nós também...?
Tom: Sim! Nosso porão é onde fica o centro de treinamento de sobrevivência dos caçadores de Exeter.
Lucy: Como você conseguiu essa chave?
Tom: Eu roubei quando tinha a sua idade.
Lucy: ...
Lucy: Como a mamãe vive dizendo para seguirmos seu exemplo?
Tom: Tem muita coisa sobre mim que a mamãe não sabe.
Tom (baixinho): Você quer a chave ou não?
Lucy (baixinho): Claro.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Alice e a estátua misteriosa


Ei, gente! Lembram do Clube do Domingo? Aqueles amigos do Bram e do Vlad que são descendentes de outros personagens da literatura do século XIX?

Essa HQ abaixo foi usada na minha pesquisa de mestrado (vocês podem abrir a dissertação no link à direita aqui no blog) e estrela a Shirley e a Shelley, o Watson e a Alice resolvendo um pequeno mistério químico. Resolvi postar oficialmente aqui:










domingo, 28 de maio de 2017

276 - A chave (1)

Pra quem não lembra do Tom, da última vez que o vimos, ele estava conversando com o Vlad: http://bramevlad.blogspot.com/2013/09/176-jonathan-harker.html

"Tom, você sabe que não tenho idade para dirigir ainda, né?"
O que será, o que será...

----------
Lucy: E foi isso que aconteceu, Tom. Eu quero ajudar o Vlad, mas o que posso fazer? A mãe não deixa a gente treinar a sério para caçar antes dos dezoito, mas até lá, o Vlad já vai estar com problemas.
Lucy: O pai até iria deixar, mas ele prometeu pra mãe que não ia quebrar essa regra dos dezoito anos, e não quero que ele tenha problemas por minha causa.
Tom: *suspiro*
Tom: Você já é uma mocinha, Lucy. Tem uma coisa que preciso te mostrar...

domingo, 21 de maio de 2017

275 - Vlad vai à caça (Fim)

...


Agora leiam de novo as perguntas aos personagens futuros. ;)

------------
Lucy: Não entendo, por que o pai do Vlad trata o filho desse jeito? Ele não percebe que isso faz ele parecer um pai ruim?
Bram: Ele não liga pra o que acham. Vlad foi concebido pra ser um refém, Lucy.
Lucy: Um quê?
Bram: O Conde não pode me sequestrar e me usar como refém contra minha família, porque isso poderia causar uma guerra entre vampiros e caçadores. O que ele fez então pra resolver isso?
Bram: Ele teve um filho. E ele faz tudo para que tenhamos pena dele e o aceitemos entre nós. para que terminemos amando-o como parte da nossa própria família.
Bram: Daí, se sairmos da linha... o Vlad paga por nós..
Bram: E ele nem vai ficar livre disso quando for um adulto, porque o pai dele é o mestre da família toda. Ele pode controlar qualquer um que tenha o sangue dos Dráculas correndo nas veias.
Lucy: Isso é horrível! Não tem nada que possamos fazer?
Bram: A questão não é o que podemos, mas o que estamos fazendo.
Bram: O conde cometeu um erro sério aqui, Lucy. Ele queria tanto que o Vlad fosse considerado um de nós, né?
Bram: Pois bem. Mas ele esqueceu que ninguém mexe com um de nós!

terça-feira, 16 de maio de 2017

274 - Vlad vai à caça (3)

Vamos falar um pouco mais de como o pai do Vlad é um cafajeste.

Sério, Viktor, tá tudo errado. Tudo errado.
É um daqueles tópicos de conversa que nunca acabam.
------------------------
Lucy: Bram, tem certeza que ser ensinado pela sua família é saudável para o Vlad? Eu li que caçar juntos é um jeito de vampiros estreitarem relações. Ele não devia ser ensinado pelo pai?
Violet (ao fundo, para Vlad): Você não devia caçar de barriga vazia, é pior assim.
Bram: Ah, como vampiros fazem tudo para evitar caçadores de vampiros, nós somos os melhores instrutores. Tenho certeza que o pai do Vlad fez tudo isso só para nos forçar a ajudar.
Lucy: Que loucura. por que ele não pediu?
Bram: Você consegue ver o conde pedindo um favor para alguém quando ele pode conseguir sem pedir? Acha que ele vai querer dever algo a nós?

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Dia das mães

Sei que já passou da meia-noite, mas o dia das mães só acaba quando amanhecer. u.u

Eu devia à Ellen (mãe da Lucy e do Quincy) uma cena em que ela não estivesse xingando os filhos por algum motivo. ^^"
 
---------
Legenda:
Ellen e Quincy estão misturando algo em uma tigela.
Ellen (em pensamento): "Demorou para eu entender o que Abraham - o que todos eles - estavam tentando me dizer. Mas, no fim, vendo meu filho ser o único a estar comigo nas coisas que eu gostava de fazer, a 'ficha caiu", como dizem. Eu não tinha direito de mandar a Lucy para cozinha. Por que teria o direito de expulsar o Quincy dela? A partir daí, as coisas foram caindo nos seus lugares, e tivemos paz."

sexta-feira, 12 de maio de 2017

273 - Vlad vai à caça (2)

Desculpem, a caçada em si era meio difícil de mostrar nas tirinhas. Eu ainda pretendo narrar por escrito. Divirtam-se com as dificuldades do Vlad enquanto isso.

Vlad chegou a morder alguém, mas entrou em pânico.
Fato.

------------
Lucy: E então, Vlad, como foi sua primeira caçada?
Vlad: Estou com mais sede que antes.
Lucy: Ruim assim?
Bram: Eu disse pro Vlad "sem pressão", mas ele entendeu isso como "Com pressão! Com toda a pressão do universo!"
Vlad: Porque esse é o significado exato de "sem pressão".