segunda-feira, 16 de junho de 2014

Copa, dia 5

O dia hoje começou com a Alemanha e Portugal se digladiando. Heinrich Fausto, mais conhecido como Ricky, é um amigo alemão de Bram. E logo no início do jogo, Mefistófeles, seu demônio de estimação, faz uma oferta irrecusável:


(Ele está bebendo Coca-Cola, porque é menor de idade e porque não é boa política ficar bêbado perto de um demônio que troca desejos por almas. E Mefistófeles é um poodle fofo porque Goethe diz em seu poema que ele seguiu Fausto até a casa dele na forma de um "pudel". Antigamente, essa palavra significava "cão de porte médio". Mas quem disse que tirei a imagem mental do poodle da cabeça?)

Portugal não teve chance nem de respirar durante o jogo. A Alemanha enfiou um 4 x 0 com gosto. A razão?

Mefistófeles aprendeu muito com marketeiros nos últimos séculos.

Depois desse jogo veio o CHATÍSSIMO 0x0 de Irã x Nigéria (sério, até os jogadores tavam com preguiça) e, mais tarde, seria EUA x Gana. Como Vlad tá torcendo por Gana, Bram convidou um amigo americano pra assistir com eles:


(Henry Armitage IV é aparentado de Henry Armitage, o bibliotecário do livro O Horror de Dunwich, de Lovecraft. Henry é a versão americana de Bram, explico isso melhor na página dos meninos no Facebook.)

E não, não me conformo que caras que amem futebol americano, MMA e basebol achem futebol mais chato do que essas coisas.


Se queria fazer raiva no Bram, você devia ter escolhido o Irã, Vlad.

O jogo começou com um gol-relâmpago dos EUA, antes de um minuto, e depois se arrastou horrorosamente até os últimos dez minutos. Nesses dez minutos, Gana empatou e os EUA fizeram outro gol no susto. O resultado?

Calma, Bram, tem jogo da Holanda chegando.

Pelo menos, eles estão quites agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta que nem gente, que o Vlad tá de olho!