quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Fantasticon 2011!

Como prometi, hora de mostrar as fotos da viagem dos meninos pro Brasil!

Nos dias 12, 13 e 14 de agosto, aconteceu em São Paulo o Fantasticon, um simpósio de literatura fantástica. É um ótimo momento para escutar palestras legais, comprar uns livros nacionais mais difíceis de achar, pegar autógrafos e, claro, encontrar amigos que moram longe.

*****MERCHAN MODE ON*****

No Fantasticon, também acontece a Farra da Touquinha, um ritual profano realizado com escritores de fantasia nacionais, que você pode acompanhar no tumblr A Touca da Raposa.

*****MERCHAN MODE OFF*****

Enfim. Aqui, vou colocar as aventuras de Bram e Vlad. Mas você pode ver muito mais fotos do Fantasticon e do meu passeio nesse fim de semana no Blog ao Cubo, do Mushi, que foi uma das ótimas companhias que Bram, Vlad e eu tivemos.

Tudo começou quando fui recebê-los no Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte.

"Cadê os macacos, papagaios e índios?"
"Estamos indo pra São Paulo, Vlad, não pra Floresta Amazônica."

"Bem-vindos, amores!"

A Ana Carol, do Leitura Escrita, ajuda na recepção dos meninos.

De lá, viajamos para São Paulo, e vimos a abertura do simpósio. Bram adorou, mas o Vlad... Bem, digamos que ele fica meio mal-humorado quando está com sede.

"Hum... Palestra interessante."
"Você é tão nerd, Van Helsing, que me deixa enjoado."

Como a noite ainda era uma criança, fomos para o karaoke com alguns amigos. Foi uma excelente noitada, onde explodi alguns tímpanos.

"♪ We don't need no education... We don't need no tough control... ♫"

Bram dormiu nos braços de Deus. Vlad, nos do capeta Stitch, que é chaotic good que nem ele.

No segundo dia, assistimos uma mesa redonda sobre História Alternativa. Estão vendo os dois a direita? Não? Clique nela então, oras! Então. Os dois são Max Mallman e Ana Cristina Rodrigues, que estavam com a gente no karaoke. Como eles conseguiram acordar e dizer coisas coerentes nessa palestra, não me perguntem.

"Não gosto muito de Roma, as invasões turcas são mais legais."
"Tá bom, Vlad, tá bom. Agora, quieto."

E depois do Fantasticon? BAR!

"Dá pra você pelo menos fingir que tá bebendo alguma coisa de homem?"
"Mas... Mas... É guaraná! Guaraná legitimamente brasileiro!"

"OK, chega, Vlad! Fora, fora!"
"Pô, alho é sacanagem!"

No domingo, primeiro fomos na Liberdade, onde o Bram se entupiu de comida japonesa. Sério, ele traçou até o resto do meu gohan. Medo dele.

"O que você tá olhando? Como com hashi melhor que você!"

Uma pequena lembrança da Liberdade.

Depois do almoço, fomos para a mesa redonda da tarde, com os bestsellers de literatura fantástica, André Vianco, Luis Eduardo Matta, Raphael Draccon and Eduardo Spohr. Bram e Vlad demonstraram todo o seu interesse profissional pelo Vianco.


"Ouvi falar que os vampiros do livro deles têm poderes, como os X-Men. Ainda bem que não tem nenhuma Emma Frost."
"Legal!"

E daí, chega a hora de ir pra casa. É triste, mas é necessário. :\ Mas não se preocupem, os meninos voltam pro Brasil pro FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos - em novembro. :D

"A gente tem MESMO que voltar pra Inglaterra?"

4 comentários:

  1. Aaaah,não sabia que os meninos tinham vindo visitar as terras tupiniquins, mais ainda, minha querida São Paulo...
    rsrs
    Muito legal, Strix!

    ResponderExcluir
  2. [fangirlism on]
    AAAwwwwwwwwnnnn.... *0*
    EU QUEROOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    [/fangirlism off]

    Eu andei tão atarefada esses últimos meses que nem fui no Fantasticon =( odiarei-me eternamente por isso (ou até o ano que vem, quando eu for no próximo)...

    Strix, quem fez os bonequinhos? É pedir demais querer os moldes, para minha mãe fazer pra mim?? ^^

    ResponderExcluir
  3. Jessica, eu não divulguei mais porque não tinha certeza de que acabaria os bonequinhos a tempo. :/

    Kate, os moldes, eu fiz usando de base esses aqui, do DeviantArt: http://ashfantastic.deviantart.com/gallery/188684#/d1hmkb3

    O cabelo e as roupas, ficam a gosto do freguês. xD

    ResponderExcluir

Comenta que nem gente, que o Vlad tá de olho!