terça-feira, 3 de julho de 2012

Tirinha vitoriana

De repente, me deu uma vontadinha de criar uma tirinha com o Van Helsing original. Ao invés de deixar passar, desenhei, fiz e taí. ^^ Não vou pôr na cronologia das tirinhas normais. Se (e somente "se") eu tiver ideia de fazer outras com o mesmo tema, organizo as bichas. Caso contrário, fica de conteúdo extra. ^^

Contemplem de onde o Bram tirou seu hábito de ficar sem jeito quando é elogiado por uma garota, como a Bessie. (A moça na tirinha é Marie, futura esposa do Doutor (ao menos, na minha cronologia).)

Quando eles noivaram, ela passou a chamá-lo só de "Bram", mesmo.

------------
VH: Pronto, agora, seu relógio funcionará perfeitamente, mademoiselle. Permita-me dar corda.
M: Obrigada.
M: Relojoeiro, médico, advogado, filósofo, inventor nas horas vagas... Existe alguma coisa que o senhor não saiba fazer, Doutor Van Helsing?
VH: V-Você quer dizer no geral, ou no âmbito do conhecimento humano?
M: Digamos no âmbito do conhecimento humano, então.
VH: D-Dançar. E-Eu não sei dançar.
M: Dois minutos inteiros para achar alguma coisa. Estou impressionada... Abraham.

Um comentário:

  1. Ainda não perdi a esperança de ter mais um capitulo Bram e Vlad Vitorianos u.u

    ResponderExcluir

Comenta que nem gente, que o Vlad tá de olho!